compositor de uma música só

19:46 Ana Flávia Sousa 6 Comments






Uma bagunça crescia ao redor das coisas, dos livros, das roupas no armário. Papéis de cores submersos em uma e outra pilha da revista mensal e minhas mãos ligeiras ansiando liquidar os quilos de poeira sobre tanta coisa ali, até que os olhos mais ágeis encontraram aquele monte de envelopes. Papel de guardar recordação, de enviar abraços e beijos por debaixo da porta, porta-carinho que vem junto a um presente, coladinho nas flores. Meus olhos tocaram o papel bordado com a letra daquela música que fez pra mim, presente de aniversário, cantiga de roda pro coração.

Passei a tarde cantarolando a musiquinha feita de amor, mentalmente, lembrando o ritmo que cantou pra mim naquele meu aniversário, depois do almoço no restaurante preferido, e me apaixonei outra vez mais. Havia um recado escrito no verso, palavras bonitas, bem escritas como são as suas, as li uma por uma enquanto enchia o peito de emoção, e os olhos marejados de afeto líquido gotejavam na folha, tão bem escrita, tão bem guardada, assinada pelo meu compositor de uma música só. Mais encantador que a música, é ser a musa de uma canção só, de um coração só, só meu, só nosso. Tão amor.

6 comentários:

  1. Um amor só...Que texto lindo, Flavinha. E quem não se apaixonaria mais e mais com uma canção feita sob medida?

    Beijos... :]

    ResponderExcluir
  2. Que amor. Que texto. E a musica?
    Muito lindo moça. '-'
    Bjws

    ResponderExcluir
  3. Que post mais lindo! Tão fofo! Tão carinhoso! Amei, como tudo o que leio de vc né?
    Manda uns suspiros de inspiração pra mim daí... ;)
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. E tem jeito mais lindo de demonstrar Amor do que compondo uma música? *-*
    Texto apaixonante !
    Estava com saudades daqui ..
    Abraços, moça bonita (:

    ResponderExcluir

:)